Os Tipos de Cachaça

  • Publicado 14 anos atrás

Diversos tipos de cachaça estão à disposição, tendo variação de acordo com o método de fabricação, o tempo de maturação e experiência sensorial. O Mapa da Cachaça pode te ajudar a compreender as diferenças e a categorizar sua próxima cachaça.

De acordo com as diretrizes regulatórias especificadas na PORTARIA MAPA Nº 539, de 26 de dezembro de 2022, a legislação brasileira estabeleceu determinadas classificações para bebidas destiladas, especialmente as que se enquadram na categoria de cachaça, com base em atributos distintos. Essa regulamentação entrou em vigor a partir de 1º de fevereiro de 2023. Entretanto, antes de nos aprofundarmos no processo de classificação da cachaça, vamos primeiro compreender sua definição.

YouTube video

O que é cachaça?

De acordo com a legislação brasileira, cachaça é a denominação típica e exclusiva da aguardente de cana produzida no Brasil, com graduação alcoólica entre 38% a 48% (v/v), a 20 ºC, obtida pela destilação do mosto fermentado do caldo de cana-de-açúcar com características sensoriais peculiares, podendo ser adicionada de açúcares em quantidade igual ou superior a 6 g/L.

Classificação dos tipos de cachaça pelo processo de destilação:

Cachaça de alambique:

A cachaça de alambique é aquela destilada em sua totalidade em alambiques de cobre e obtida pela fermentação do mosto fermentado do caldo de cana-de-açúcar crua, ou

A bebida deve-se chamar apenas de cachaça quando for produzida por outro método de destilação ou pela mistura de cachaças oriundas de diferentes métodos de destilação.

Classificação dos tipos de cachaça pela maturação em madeira:

Cachaça envelhecida:

A cachaça pode ser classificada como envelhecida quando, no mínimo, 50% de seu volume envelhecido em recipiente de madeira, com capacidade máxima de 700 litros, por período não inferior a 1 ano.
Por ser um tonel menor e por ficar retido por mais tempo, as cachaças envelhecidas acabam apresentando alterações mais evidentes na sua cor, aroma e paladar.

Cachaça envelhecida Premium

As cachaças chamadas Premium são 100% envelhecidas por no mínimo 1 ano.

Companheira Extra-Premium
Cachaça Companheira Extra-Premium é envelhecida por 12 anos em barris de carvalho
Cachaça envelhecida Extrapremium

As cachaças chamadas Extrapremium são 100% envelhecidas por no mínimo 3 anos.

Gouveia Brasil Extra Premium
Goveia Brasil, tipo de cachaça extrapremium

Cachaça armazenada:

A cachaça pode ser classificada como armazenada quando for armazenada em recipiente de madeira e que não se enquadra nos critérios definidos para o envelhecimento.

Princesa Isabel Ouro
A Princesa Isabel Ouro passa por carvalho e amburana

Classificação dos tipos de cachaça pelo teor de açúcar:

Cachaça adoçada:

A cachaça que for adicionada de açúcares em quantidade superior a 6g/L e inferior a 30g/L deve ser chamada de cachaça adoçada.

YouTube video
O vídeo apresenta as classificações dos tipos de cachaça antes das mudanças na legislação

As madeiras para armazenamento e envelhecimento:

O legal na cachaça é a diversidade de tipos de madeira para envelhecimento e armazenamento.

Nós últimos anos, as madeiras brasileiras têm sido usados para envelhecer outros destilados como gin, whisky e rum. No entanto, essas bebidas geralmente só são envelhecidas em carvalho, madeira presente no Hemisfério Norte.

Já a cachaça tem inúmeras madeiras para armazenamento e envelhecimento, entre elas: amburana, ipê, bálsamo, jequitibá-branco, jequitibá-rosa, ariribá, canela-sassafrás, tapinhoã, grápia, amendoim, freijó, etc… Cada madeira influencia da sua forma a cor, os aromas e sabores da bebida. Inclusive, alguns estudiosos estão analisando os benefícios dessas variedades de madeira para a saúde.

Cachaça e aguardente: o que as diferencia?

CachaçaAguardente
Produzida da destilação do mosto fermentado do caldo de cana-de-açúcarÉ um destilado que pode ter como base: uva, cereais, milho, arroz, batata, cana…
Todo cachaça é uma aguardenteNem toda aguardente é uma cachaça
Teor alcoólico de 38 a 48%No Brasil, teor alcoólico de 38 a 54%
É a denominação exclusiva da aguardente de cana do BrasilPode ser produzida em qualquer lugar do mundo.

A palavra aguardente é originária do grego aqua ardentes, que significa água de fogo. É usada para referir-se a bebidas alcoólicas que passaram pela fermentação e destilação. Uma variedade de matérias-primas, incluindo uva, banana, laranja, milho, arroz, cevada, batata, beterraba, cana-de-açúcar e mandioca, são usadas para produzir diferentes tipos de aguardente disponíveis no mercado.

Diversas culturas têm o orgulho de seus destilados distintos que incorporam história local e gastronomia. Schnaps é o destilado alemão produzido da batata, enquanto os franceses são famosos pelo conhaque de uva. O whisky escocês à base de trigo e centeio é difundido mundialmente, e tanto Chile quanto Peru se apoderam do pisco de uva. O destilado típico da Coreia é o Soju, produzido a partir de arroz ou cereais, enquanto que a aguardente tipicamente brasileira é a cachaça, obtida através da cana-de-açúcar.

De acordo com a legislação brasileira, a cachaça é uma aguardente com teor alcoólico de 38 a 48%, a 20°C, obtida a partir de um álcool de cana-de-açúcar destilado ou pela destilação do caldo de cana fermentado, e pode ser adoçada com açúcar.

Já a aguardente é uma bebida alcoólica que pode ser baseada em diversas matérias-primas, como uva, cereais, milho, arroz, batata, além da própria cana. É possível produzi-la a partir do destilado simples de cana ou a partir do mosto fermentado. Possui um teor alcoólico que varia de 38% a 54% no Brasil, mas no exterior tem graduação menor ou maior.

Coleções

Uma seleção dos melhores artigos do Mapa da Cachaça em diferentes tópicos

Produção de cachaça

30 artigos

Envelhecimento de cachaça

15 artigos

História da cachaça

13 artigos

Como degustar cachaça

18 artigos

Coquetéis clássicos

14 artigos

Cachaça e Saúde

7 artigos

O melhor da cachaça no seu e-mail

Assine o Mapa da Cachaça

loading...